10 coisas para fazer em Budapeste

Ter morado durante um mês em Budapeste nos permitiu conhecer a cidade com muita calma. Normalmente quando vamos passar férias em um lugar, separamos de 2 a 7 dias, e precisamos conhecer o máximo possível no tempo que temos. O que acaba sendo um pouco frustrante, porque nem sempre podemos simplesmente sentar e apreciar a vista, o ambiente, ou o clima de algum lugar que realmente nos encantou.

Como gostamos muito daquela cidade, ao ponto de ser uma das nossas preferidas até hoje, resolvemos listar algumas coisas vocês precisam fazer, quando forem até lá. De acordo com nossa opinião claro!

1- Apreciar o Rio Danúbio

Caminhar pelas margens do Rio Danúbio, apreciando os prédios que ficam à margem e as pontes que ligam o lado Buda ao lado Peste é obrigatório. Budapeste é maravilhosa e grande parte de sua beleza está localizada exatamente as margens do Danúbio. Se tiver um tempo, sente na beirada do rio e passe um tempo ali vendo o tráfego de barcos com seus turistas entusiasmados.

Pontes das Correntes - Vai na Mala

2- Visitar o Parlamento Húngaro

O prédio do Parlamento é um dos prédios mais bonitos que já vimos até hoje. São tantos detalhes, ele é muito majestoso. Avistamos o Parlamento pela primeira vez quando saímos da estação de metrô, e foi algo de cair o queixo. A sensação de ver aquele lugar tão lindo foi tão emocionante que fizemos isso mais algumas vezes, só para sentirmos a emoção novamente. Não visitamos o interior do Parlamento, até tentamos, mas ele é disputadíssimo. Não temos dúvidas de que deve valer muito a pena, só vá lá bem cedo para garantir seu ingresso.

Parlamento Hungaro - Vai na Mala

3- Explorar a Ilha Margarita de bicicleta

A Ilha Margarita fica bem no meio do Rio Danúbio, para chegar até ela basta seguir pela ponte que fica lá perto e ela dá acesso a ilha. Logo na entrada da ilha temos varias opções de transporte para explora-la. Nós optamos por alugar duas bicicletas e conhecer a ilha por nossa conta. Foi uma delícia, primeiro porque tinha tempos que não andávamos de bike e segundo porque por lá existem vários lugares a serem descobertos, como o jardim japonês, um mini zoo, outros jardins, fora a vista que se tem da cidade lá de dentro. Fizemos o passeio no final da tarde e não podíamos ter escolhido horário melhor. Pedalamos até escurecer, depois sentamos em frente a fonte de águas dançantes e apreciamos o espetáculo das águas iluminadas. A fonte é maravilhosa, nem parece que estamos apenas vendo água, parece mesmo um espetáculo.

Ilha Margarita de bike - Vai na Mala

4- Caminhar por toda a extensão do Castelo Buda

O Castelo Buda é enorme, além do prédio propriamente dito, a região ainda possui outros lugares para visitar, como a Mathias Church. Uma das vistas mais incríveis da cidade é alcançada do alto da torre da Mathias Church. São muitos degraus, uma atividade física e tanto, mas a vista é recompensadora. Caminhe de lá até o Castelo e vá desbravando cada canto. Também não visitamos o interior do Castelo, mas só a visita pelo lado de fora já vale muito a pena.

Ilha Margarita - Vai na Mala

Parlamento Hungaro - Vai na Mala

5- Visitar a Praça do Heróis

Essa praça é um ícone da cidade, composta por uma grande coluna central, de 36 metros de altura, mais duas colunatas semi circulares com 7 estátuas cada. As diversas estátuas são uma homenagem a grandes personalidades da história Húngara. O conjunto de elementos da praça é muito bonito, ela é realmente imponente. Para completar possui alguns prédios importantes nos arredores e o parque da cidade ao fundo.

Praça dos Herois - Vai na Mala

Praça dos Herois - Vai na Mala

Praça dos Herois - Vai na Mala

6- Caminhar pelo Parque da Cidade

Bem no meio da cidade fica um enorme parque, com muita área verde, onde o pessoal sempre vai correr ou aproveitar um dia de sol na grama. Dentro do parque tem um castelo muito bonito, no maior estilo romântico. Além disso, ele ainda abriga o Zoológico da cidade e uma das casas de banhos termais mais famosas: a Széchenyi. Caminhar pelo parque é uma delícia, um verdadeiro escape do movimento da cidade.

Castelo Romantico Budapeste - Vai na Mala

7- Fazer todos os itens acima, só que a noite

A cidade se modifica com o cair da noite e o acender das luzes. Fica difícil dizer quando ela é mais bonita. Tivemos o prazer de passar por todos esses lugares de dia e de noite e afirmamos que você precisa fazer o mesmo. Como as vezes imagens valem mais que palavras, deixamos aqui algumas fotos para vocês entenderem.

Parlamento Hungaro - Vai na Mala

Parlamento Hungaro - Vai na Mala

Buda Castle - Vai na Mala

Buda Castle - Vai na Mala

Castelo Romantico Budapeste - Vai na Mala

Praça dos Herois - Vai na Mala

8- Visitar a Casa do Terror

A Casa do Terror é um museu sobre a história do periodo Comunista na Hungria, o prédio onde funciona o museu, era onde ficava a sede do partido Comunista. A visita é bem pesada, cada sala foi preparada para contar uma parte das histórias e pra isso eles usam trilhas sonoras, iluminação e decoração para representar o terror da época. No subsolo do prédio fica a prisão, onde muita gente foi torturada e a visita é bem sombria. Porém, para quem gosta de história é uma visita bem interessante. Vale pontuar que o museu conta a história do ponto de vista dos Húngaros. Uma dica: Pague pelo audio guia, do contrario a visita não tem muito sentido, pois é tudo em Húngaro.

9- Almoçar ou Jantar a beira do Rio

Se tiver oportunidade de escolher algum dos restaurantes a beira do rio para fazer uma refeição, faça! Nós almoçamos um dia de frente para o Parlamento e foi extremamente agradável. A vista é linda e estava fazendo um belo de sol, vale muito a pena.

Almoço a beira do Rio Danubio - Vai na Mala

10- Subir até a Cidadela

De vários pontos da cidade conseguimos avistar a estátua de uma mulher levando uma folha de palmeira, essa é a estátua da Liberdade e ela fica na Cidadela. De lá temos mais uma vista sensacional da cidade, afinal ela fica localizada no topo de uma colina, que também é o ponto mais alto da cidade.

Cidadela Budapeste - Vai na Mala

Cidadela Budapeste - Vai na Mala

Cidadela Budapeste - Vai na Mala

Essas são as 10 coisas que mais gostamos de fazer, claro que faltou incluir algumas comidinhas, mas vamos deixar essa parte para um outro post.

Agora nos contem, ficaram com vontade de conhecer Budapeste? E se você já conhece a cidade, o que acrescentaria nessa lista?

Compartilhe esse post
Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO