Bruxelas: a cidade que nos surpreendeu!

Você já passou pela situação de visitar um lugar, onde você não esperava nada e no fim das contas ele acabou te surpreendendo, e muito?! Pois é, isso aconteceu com a gente quando visitamos Bruxelas. Escolhemos visitar essa cidade porque a passagem estava barata, então ela serviu de entrada e saída para nossa eurotrip no fim do ano passado. Mas só fomos visitar mesmo no final da viagem, já que no dia da chegada só descemos lá e pegamos o ônibus para Amsterdam.

Passamos 2 dias, nesses dois dias quase não parou de chover, estávamos super cansados de todos os dias anteriores da viagem, mas nada disso fez com a gente gostasse menos da cidade. O primeiro lugar que visitamos foi o Grand-Place, {oi clichê!} mas que lugar! A praça é rodeada de prédios de arquitetura incrível, como a Câmara Municipal, o Hôtel de Ville e a Casa do Rei, alguns datam do século XVII, para se ter uma ideia da beleza, Vitor Hugo considerou essa a praça mais bela do mundo.

Então fomos caminhar mais um pouco e passamos em uma feirinha dessas de fim de ano para comer um sanduíche muito gostoso.

feirinha-bruxelas

Já que ficamos hospedados perto do Parque Cinquentenário acabamos finalizando o dia por lá. Como não planejamos nada nessa visita, nós fomos parar nesse parque simplesmente porque passamos pela frente, o parque é muito lindo e tranquilo.

Parque Cinquentenário

Foi também ao acaso que descobrimos o Museu Real das Forças Armadas e Histórias Militar, que fica lá dentro. Pausa para uma exclamação, esse é o museu de guerra mais incrível que já visitamos em toda a nossa vida! O acervo é sensacional e o museu é bem grande, fomos andando e quando pensávamos que estava acabando achávamos mais salas e ponto alto foi o ultimo lugar da visita: um galpão com tanques de guerra e aviões. Enfim, por lá tem de tudo, desde artefatos de guerra, uniformes, transportes, passando por 200 anos da história militar da Bélgica. Para quem se interessa pela segunda guerra, o museu tem um acervo bem legal. Para finalizar o dia com chave de ouro, comemos nada mais que o waffle mais delicioso do mundo, comprado em um food truck!

Museu de Guerra de Bruxelas

Museu de Guerra de Bruxelas

Museu de Guerra de Bruxelas

Museu de Guerra de Bruxelas

O segundo dia estava super chuvoso, mas decidimos nos molhar e sair andando pela cidade. Não saberemos falar muito sobre o que vimos, só que a cidade é maravilhosa, cheia de prédios imponentes. Depois de longa caminhada chegamos ao Palácio Real, mais um ponto turístico. O palácio é muito bonito e vale a visita.

Palacio Real

Palacio Real

De lá caminhamos mais um pouco até chegar no Manneken Pis, uma escultura de um garotinho fazendo xixi (!). A visita a essa escultura é considerada um “must go“, mas não podemos negar que rimos quando vimos, afinal ela tem apenas 61 cm e fica lotada de turistas, a cena foi tão engraçada que pensamos: “Sério?! É só isso mesmo?”. Ninguém sabe ao certo o que inspirou a construção da estátua, mas ela é bem importante por lá, em datas comemorativas eles até vestem o garotinho.

Manneken Pis

Um pouco mais de caminhada e paramos no Delirium Café, um bar famoso por vender mais de 2 mil tipos de cerveja. O bar é todo decorado com garrafas e placas de cerveja do mundo todo, o ambiente é bem escuro e lembra aquelas cenas de tavernas de filmes antigos. O bar em si não tem nada demais, mas para quem gosta de variedade de cerveja, não dá pra negar que lá é o lugar.

Delirium bar Bruxelas

E assim basicamente encerramos nosso tour pela cidade, jantamos em um restaurante muito gostoso, mas não lembramos o nome, infelizmente. Visitamos pouco de Bruxelas, faltou muita coisa para ser vista, a chuva acabou não ajudando muito nisso. Porém, como dissemos, nada disso fez com que a admirássemos menos. É uma cidade encantadora e que vale muito a visita. Se vocês quiserem ver mais fotos dessa viagem acessem a Galeria de Fotos de Bruxelas.

Compartilhe esse post
Sem comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO