Roteiro de 4 dias em Londres

Hoje vamos passar para vocês o nosso roteiro de 4 dias em Londres, fizemos esse roteiro na nossa primeira visita a cidade e foi super tranquilo.

Chegamos em um sábado de manhã, descemos na Victoria Station e já fomos direto para a região da London Eye e Big Ben. Tem que começar em grande estilo né?! Dá para fazer esse trajeto andando numa boa e foi o que fizemos. O primeiro ponto turístico que vimos,logo no caminho foi a Abadia Westminster. A igreja onde os eventos religiosos da realeza acontecem. Foi lá onde a Princesa Diane casou e, mais recentemente, o príncipe Willian e a Kate Midleton.

Abadia Westminster

Logo em seguida já temos a região onde é possível ver de uma só vez o Parlamento Inglês, o Big Ben e a London Eye. Optamos só por caminhar por lá e não entrar em nenhuma atração. Mas você pode aproveitar para dar uma volta na London Eye, se quiser.

Big Ben

London Eye

Parlamento inglês

Fomos em direção ao Palácio de Buckingham, e para chegar até lá, já passamos pelo St. James Park, que é um parque muito bonitinho. Lá tem muita gente passeando, fazendo caminhadas, andando de bicicleta. Também é possível sentar em um dos bancos e ficar admirando os patinhos no lago. Depois de tanta andança, vai por nós, essa é uma atividade deliciosa.

St James Park

Não conseguimos pegar a troca da guarda no Palácio, mas também nem nos programamos muito para isso. Depois de ver o Palácio por fora, tirar algumas fotos, seguimos pelo Green Park e em seguida o Hyde Park.

Buckingham Palace

Guarda Real

Portões do Buckingham PalaceEsse último parque é bem grande, então se você quiser andar nele todo é preciso separar um tempo bom e ter bastante disposição. Nós cruzamos o Hyde de uma ponta a outra, mas só de um lado, então não vimos tudo. Bem no final dele tem o Palácio Kensington, que é onde a princesa Diane e Charles moravam. Hoje esse palácio é aberto a visitação, mas acho que a família real ainda utiliza algumas partes dele.

Kensington Palace

Kensington Palace

Nossa ultima parada do dia foi o bairro Notting Hill. Optamos por visitá-lo no primeiro dia, porque o Portobello Market que fica por lá, abre por completo aos sábados. Esse bairro ficou super conhecido depois do filme Um Lugar Chamado Notting Hill, e apesar de ser um grande clichê de Londres, achamos que valeu muito a pena a visita, porque o bairro é muito charmoso. É legal se perder pelas ruas residenciais, saindo um pouco da Portobello Road.

Notting Hill

Portobelo Road Market

Como o segundo dia foi um domingo, escolhemos começar por duas feirinhas. Primeiro fomos ao Spitalfields Market, por lá é possível encontrar roupas, acessórios, coisas de decoração, antiguidades e tranqueirinhas, além de comidas é claro! De lá fomos para o Brick Lane Market, que fica bem perto. É legal ir para essa região aos domingos, porque o Brick Lane só funciona nesse dia. Nessa feirinha a gente encontra as mesmas coisas do Spitalfields, com a excessão  da variedade de comida, que é infinitamente maior no Brick Lane. Tem comida do mundo inteiro lá, a gente fica até perdido com tanta variedade. Esses mercados ficam lotados, então tem que ir com paciência.

Spitalfields Market

Spitalfields Market

A ideia era seguir para o Covent Garden, que fica mais próximo, porém confundimos os lugares e fomos parar no Camden Town. Mas tudo bem, só invertemos os dias das visitas. Camden Town é um bairro mais alternativo, por lá encontramos gente de todos os estilos, incluindo os mais exóticos possíveis e era nesse bairro que a Amy Winehouse morava. Assim que saímos do metrô é só seguir a multidão e já vamos nos deparando com lojas super diferentes. Nosso foco era ir ao Camden Lock e Stables Market, dois mercados que ficam bem próximo e que vendem de tudo. O negócio é se perder pelos corredores e ir descobrindo as lojinhas, lá gente se depara com lojas bem turísticas até as mais alternativas possíveis.

Camden Lock

Partimos então para a Trafalgar Square, uma praça bem famosa de Londres, onde acontecem vários eventos. Ao fundo da praça fica a National Gallery, que tem em seu acervo obras de artistas renomados como Monet, Michelangelo, Da Vinci, Van Gogh, dentre muitos outros. Aproveitamos por conhecê-la também.

Próxima parada foi a Leicester Square, onde se encontram vários cinemas e teatros, por ali somos bombardeados por cartazes de peças da Brodway. Para finalizar o dia fomos fazer o circuito Piccadilly Circus, Regent Street e Oxford Street. A Piccadilly Circus é uma praça super movimentada de Londres, ela é uma espécie de Times Square inglesa, cheia de letreiros luminosos e propagandas. Uma das ruas que cruzam essa praça é a Regent, uma rua cheia de lojas, é ali que marcas famosas se reúnem, e foi por ela que seguimos até chegar na Oxford Street e terminar o nosso dia. Esse trajeto entre Piccadilly e Oxford é lindíssimo, os prédio tem uma arquitetura incrível, muitos bem suntuosos. Deixamos para visitar essa região no fim da tarde e foi perfeito, quando as luzes começam a acender tudo fica ainda mais bonito.

Piccadilly Circus

Piccadilly Circus

Piccadilly Circus

M&M Futebol

M&M carro

Iron Man Lego

Rainha Elizabeth de Lego

O terceiro dia foi mais tranquilo, de manhã fomos para o Covent Garden, demos uma volta pelo bairro, que é cheio de ruas charmosas. Dizem que lá é um bom lugar para compras, mas como nossa viagem não incluía essa atividade, só passeamos mesmo. Depois de lá fomos até o British Museum, não tinhamos pesquisado muito sobre esse museu e por isso mesmo foi uma grande surpresa. Ele é sensacional, com um acervo muito variado de toda a história do mundo. Abriga de artefatos astecas até ruínas gregas, passando por múmias e esculturas. Esse é um dos melhores museus que já fomos até hoje.

Covent Garden

British Museum

Depois do museu fomos para conhecer os estúdios de Harry Potter, como ele fica mais distante do centro de Londres e a visita demanda algumas horas, reservamos o resto do dia para isso. A visita foi sensacional e faremos um post somente sobre isso.

Harry Potter Making of

O quarto e último dia da nossa viagem reservamos para andar visitar a Tower Bridge, mais um cartão postal da cidade. Ela é incrível e andar pela redondezas é muito agradável, principalmente ás margens do rio Tâmisa. Depois de um bom tempo por ali fomos para o Borough Market almoçar. Esse mercado é o maus antigo da cidade, está aberto desde o século XIII e fica bem pertinho da London Bridge. Cada lojinha que passamos uma tortura, porque tudo parece delicioso, e pelo que já experimentamos, é mesmo!

Tower Bridge

Rio Tamisa

Rio Tamisa

Depois do almoço fomos para o aeroporto e assim terminou nossa viagem. Londres é uma cidade incrível, com muita coisa para fazer. Escolhemos os principais pontos, mais sem dúvida faltou fazer muita coisa, 4 dias é pouco para conhecer tudo. Mas esses dias foram suficientes para nos fazer amar a cidade e querer voltar muitas vezes.

Compartilhe esse post
Últimos Comentários
  • Olá, se puder ajudar agradeço, vcs fizeram reservas de hotel antes de ir? Quanto em média vcs gastaram cd um. Vcs falam inglês fluente? Obrigada

DEIXE UM COMENTÁRIO